Acompanhe por aqui relatos e experiências registrados durante a produção da exposição.

Recomendações para a assistência ao parto e nascimento em tempos de pandemia de Covid-19.

A pandemia causada pelo novo coronavírus não deve ser motivo para que mulheres tenham seus direitos já tão frágeis desrespeitados. Gestantes, parturientes e puérperas infectadas ou não pelo vírus, com ou sem sintomas de Covid-19 precisam e devem receber cuidado empático, baseado em evidências científicas e respeitando seus direitos humanos. Elaboramos, em parceria com outras entidades, um documento para orientar a organização da atenção ao parto e nascimento no cenário atual. Leia, assine, compartilhe e leve para os gestores de sua cidade e outras instâncias que possam ajudar na implementação dessas recomendações. #partoecoronavirus #partoecovid #covid #coronavirus Acesse: bit.ly/recomendapartoecovid19 Edição do documento: Rede pela Humanização do Parto e Nascimento – ReHuNa (@rehunabrasil /sec.rehuna@gmail.com) Parto do Princípio – Mulheres em rede pela maternidade ativa (facebook.com/redepartodoprincipio / @partodoprincipio) Grupo de Estudos em Gênero, Evidências, Maternidade e Saúde – Gemas/FSP/USP (facebook.com/gemasusp/ / grupogemasusp@gmail.com) Departamento de Enfermagem – UFSCar Curso de Obstetrícia da Escola de Artes, Ciências e Humanidades – EACH/USP Federação Nacional de Doulas do Brasil (@fenadoulasbr / fenadoulasbr@gmail.com) Nascer Direito – Coletivo Nacional de Advogadas no enfrentamento à Violência Obstétrica (@nascerdireito) Sentidos do Nascer – UFMG (sentidosdonascer@gmail.cofacebook.com/sentidosdonascer/) Ishtar – Espaço para Gestantes (facebook.com/espacoishtar/) Movimento Bem Nascer BH (@movimentobemnascer) Movimento #NasceLeonina (@nasceleonina) Movimento BH pelo Parto Normal (facebook.com/bhpartonormal/)  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *