Acompanhe por aqui relatos e experiências registrados durante a produção da exposição.

Sentidos do Nascer em BH!

capa-1

No dia 05 de novembro, a Exposição Sentidos do Nascer abrirá suas portas no Parque das Mangabeiras, apresentando aos visitantes uma oportunidade para se repensar a cultura do nascimento no Brasil.

Realizada por meio de parceria entre a UFMG e Prefeitura de Belo Horizonte para desenvolvimento de projeto selecionado no edital de PREMATURIDADE MS/CNPQ/Fundação Bill e Melinda Gates de 2013, a exposição é sucesso de público, com cerca de 32 mil visitantes e já passou por nove montagens nas cidades de Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Niterói, Ceilândia e Brasília. A Exposição foi vencedora do prêmio InovaSUS 2015 – Gestão da Educação na Saúde da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde – SGTES, em parceria com a Organização Pan-Americana da Saúde – OPAS que buscou reconhecer, incentivar e premiar projetos e experiências inovadoras na Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde no âmbito do SUS.

A primeira versão itinerante da exposição, montada em containers, possibilitou a sua permanência em locais de fácil acesso ao público, como parques e praças. Agora o prêmio apoia a montagem da primeira réplica da exposição para o Parque das Mangabeiras. A versão itinerante tem previsão de montagem em quatro cidades de Minas Gerais em 2017 e uma segunda réplica está sendo montada na cidade do Rio de Janeiro por iniciativa da Secretaria Municipal de Saúde em parceria com o Centro Cultural do Ministério da Saúde.

Esta é a terceira temporada da exposição Sentidos do Nascer em Belo Horizonte, que já passou pelo Parque Municipal, campus da Pampulha e Saúde da UFMG, Shopping Boulevard e Feira do Bebê e da Gestante no Minascentro. Coordenada por uma equipe multiprofissional das áreas de saúde e educação, a exposição “Sentidos do Nascer” usa o lúdico e o sensorial para levar à população informações sobre os benefícios do parto normal, derrubar os mitos relacionados ao nascimento e ao parto e orientar sobre os prejuízos da cesariana desnecessária, sem indicação, sobre a saúde da mulher e do bebê. Durante a exposição, os visitantes poderão participar de rodas de conversa, oficinas, assistir a exibição de documentários e, de forma interativa, experimentar as sensações da gravidez e do nascimento.

O projeto foi idealizado pela pediatra, epidemiologista e coordenadora da Comissão Perinatal e do Movimento BH Pelo Parto Normal da Secretaria de Saúde de BH, Sônia Lansky, e pelo professor da Faculdade de Educação da UFMG e historiador da Ciência, Bernardo Jefferson de Oliveira. Sônia Lansky reforça que “devemos mudar a forma como se nasce no Brasil. Sabemos que há efeitos graves para a saúde dos bebês de intervenções desnecessárias no corpo da mulher e no processo natural do parto, que, no lugar de promover saúde e afeto, podem deixar marcas negativas para o resto da vida”.

Durante a visitação, o público passará por vários ambientes interativos. O primeiro, batizado de ‘Gestação’, uma tela de televisão exibirá uma projeção 3D da imagem do visitante, que se verá grávido. Na sequência, as pessoas entrarão no espaço ‘Mercado do Parto’, que faz uma crítica à forma de tratamento da gestação e do parto como um negócio comercial.

O terceiro ambiente é o marco da exposição. A sala ‘Controvérsias’, um espaço para o diálogo entre os sujeitos que costumam opinar e influenciar a decisão da mulher sobre a via de parto durante a gestação. Um vídeo elaborado exclusivamente para a exposição coloca para conversar personagens que resumem a multiplicidade de pontos de vistas e argumentam contra ou a favor do parto normal. Com linguagem simples e direta, simula o que os casais grávidos costumam ouvir durante a gestação.

Após o vídeo, o público segue para a experiência sensorial do ‘Nascimento’. Nesse ambiente, os visitantes ouvem sons de batimentos cardíacos e ruídos que reproduzem o que a criança ouve quando está no ventre da mãe. Os visitantes então entram no útero e nascem, passando pelo canal de parto. Ao final, serão recebidos pela imagem de uma grande e acolhedora mulher-mãe de braços abertos.

A Exposição pretende oferecer atividades formativas para os trabalhadores da Atenção Básica de Saúde da Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte e demais interessados da área. Oferece ainda programação variada para gestantes, seus companheiros e familiares através de exibição de filmes, rodas de conversa com grupos de apoio ao parto e bate-papo com profissionais e professores da Escola de Enfermagem e de Medicina da UFMG, entre várias outras atrações.

SERVIÇO

EXPOSIÇÃO INTERATIVA SENTIDOS DO NASCER NO PARQUE DAS MANGABEIRAS

Período: 05 de novembro de 2016 a 05 de fevereiro de 2017

Horário: 09-17 horas, de quinta a domingo.

Local: Parque das Mangabeiras | Av. José do Patrocínio Pontes, 580 – Mangabeiras, Belo Horizonte – MG

Informações e Agendamento de vistas em grupos (acima de 5 pessoas) pelo site: www.sentidosdonascer.org.br

Contato: (31) 9 8797 1924 – Sônia Lansky | (31) 9 8794 1924 – Bernardo Jefferson

Facebook: www.facebook.com/sentidosdonascer

Visitação Gratuita

Deixe um comentário