Acompanhe por aqui relatos e experiências registrados durante a produção da exposição.

Campanha Prevenção da Natimortalidade

Berço vazio

Aconteceu hoje o lançamento mundial da série Ending Preventable Stillbirths, em português, “Pelo fim da Natimortalidade Evitável”, da revista inglesa The Lancet. Para quem não conhece ainda, é uma das mais prestigiadas revistas de publicações científicas na área de saúde. E o recado foi dado: É importante falar sobre a natimortalidade. É importante dar voz às mães, aos pais, às enfermeiras e aos médicos que trabalham na assistência. E é preciso dar assistência de qualidade.

Infelizmente, a maior parte destas mortes seria evitável com uma assistência adequada durante o pré natal ou no parto, quando acontecem a maior parte destas mortes. E não estamos falando de grandes investimentos em infraestrutura mas sim do acompanhamento constante da mulher em trabalho com o partograma, dos batimentos cardíacos do bebê, com a utilização de protocolos assistenciais, incluindo por exemplo, o exame para detecção de sífilis materna no pré-natal e na hora do parto. Começamos hoje uma campanha pela visibilidade dos problemas da má assistência no parto. Pela promoção do bom atendimento ao parto e por um pré-natal de qualidade.

Durante quinze dias, falaremos sobre a natimortalidade. Serão depoimentos, indicações, indicadores e dicas de como trabalhar para diminuirmos estas perdas e de como lidar melhor com ela. Seguiremos juntos na melhoria das condições de mães e bebês do Brasil. Acompanhe aqui no blog e pelo nosso Facebook!

Deixe um comentário